Cidade Alta FM

A Rádio do coração do Povo Diamantense

ADMINISTRADA PELA ADECADI

Primeiro caso de Leptospirose no município pode ter sido registrado em Santa Helena

Conforme informações repassadas ao CL, uma moradora da Linha Pacuri, interior de Santa Helena, foi inicialmente diagnosticada com suspeita de Leptospirose. Se confirmado, este pode ser o primeiro caso de Leptospirose em humano registrado nos últimos anos em Santa Helena. Outros casos suspeitos estão sendo acompanhados no município.

Leptospirose é uma infecção aguda, potencialmente grave, causada por uma bactéria do gênero Leptospira, que é transmitida por animais de diferentes espécies (roedores, suínos, caninos, bovinos) para os seres humanos.

Segundo informado, a mulher realizou consulta em hospital da cidade e posteriormente foi levada pela família para um hospital particular de Toledo, onde estaria na UTI. Exames devem confirmar se ela contraiu ou não a doença.

Transmissão

A transmissão ocorre, principalmente, através do contato com a água ou lama de enchentes contaminadas com urina de animais portadores, sobretudo os ratos. A penetração da Leptospira no corpo, através da pele, é facilitada pela presença de algum ferimento ou arranhão. Também pode ser transmitida por ingestão de água ou alimentos contaminados.

Alerta e prevenção

Para prevenir a doença, deve-se evitar o contato com água ou lama que possam estar contaminados pela urina de rato. Pessoas que trabalham na limpeza de lama, entulhos e desentupimento de esgoto devem usar botas e luvas de borracha.

Medidas ligadas ao meio ambiente, tais como o controle de roedores, obras de saneamento básico (abastecimento de água, lixo e esgoto) e melhorias nas habitações humanas também ajudam na prevenção.

Lavar garrafas d’água e latas de refrigerante, também são medidas que evitam contrair a doença.

Share

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin