Cidade Alta FM

A Rádio do coração do Povo Diamantense

ADMINISTRADA PELA ADECADI

Prefeitura inaugura nova unidade de combate à covid-19 e agradece o apoio da Itaipu

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, participou da solenidade de inauguração da primeira Unidade de Terapia de Doenças Infecciosas (UTDI) de Foz do Iguaçu, na manhã desta segunda-feira (18), no Hospital Municipal Padre Germano Lauck. O diretor recebeu uma placa de agradecimento em reconhecimento ao apoio da Itaipu às melhorias no hospital e fez uma visita técnica à UTDI, acompanhado do prefeito, Chico Brasileiro, e de autoridades convidadas.

A nova ala chega em boa hora e poderá ser utilizada como Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com covid-19. Ela é composta por 12 novos leitos de internação, um tomógrafo, equipamentos para a central de esterilização e uma nova farmácia. Como parte do esforço de combate à pandemia, a Itaipu recentemente doou 15 camas, 15 monitores e cinco respiradores mecânicos ao Hospital Municipal. Alguns desses equipamentos serão usados no novo setor.

“Sem a Itaipu ficaria muito difícil levar esse projeto adiante”, disse o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro. Para Silva e Luna, o momento pede união e solidariedade. “Fizemos um investimento da ordem de R$ 22 milhões em diversas frentes para ajudar Foz do Iguaçu e região a enfrentar essa pandemia e é com satisfação que vemos o resultado, pois o número de infectados na cidade é baixo em comparação com outras do mesmo porte.”

A Itaipu e o combate à covid-19

A Itaipu é uma das principais parceiras de Foz no combate à pandemia de covid-19, com uma série de ações voltadas à prevenção e tratamento da doença. O rol de ações é amplo e variado, incluindo convênios e medidas de auxílio eventual.

A empresa liberou R$ 15 milhões para a reestruturação do Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), que é mantido por ela, para a compra de equipamentos e insumos. A Ala Covid-19 do HMCC conta com 15 leitos de UTI e 12 de semi-intensiva. Outras unidades hospitalares da 9º Regional de Saúde do Estado do Paraná também foram beneficiadas por estes recursos, com o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs), álcool em gel 70%, materiais, medicamentos, camas e diversos outros materiais.

Para o Hospital Municipal de Foz, cidade-sede da usina, além dos equipamentos entregues a Itaipu dispôs o HMCC para ajudar a receber pacientes de covid-19, sem custos para o SUS, no caso de uma eventual sobrecarga nos leitos em função da pandemia.

A habilitação do Centro de Medicina Tropical do HMCC junto ao Laboratório Central do Estado do Paraná (Lacen) diminuiu o tempo para o resultado dos testes de covid-19. Antes disso, era necessário enviar as amostras para Curitiba. A Itaipu também doou 500 testes à Prefeitura de Foz do Iguaçu, que estão sendo usados em cinco unidades básicas de saúde da cidade.

A Itaipu ainda aumentou o valor do Fundo de Auxílio Eventual para R$ 2,7 milhões. O público-alvo são entidades de ajuda humanitária. E empresa controla a prestação de contas a partir da execução de um plano de trabalho, com uma série de critérios que são auditados internamente.

Uma das instituições que já teve o apoio aprovado é o Lar dos Velhinhos de Foz do Iguaçu. A entidade vai receber, por meio do fundo, a soma de R$ 174.984,45 para a aquisição de materiais de limpeza, alimentação, higiene e segurança. O apoio vai garantir a manutenção do atendimento durante a pandemia do novo coronavírus.

Com o governo do Estado, a Itaipu fez um convênio de R$ 4 milhões para a contratação de 733 bolsistas. Todos da área de assistência à saúde, para atividades de apoios às regionais do Estado.

Assessoria

Share

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin