Cidade Alta FM

A Rádio do coração do Povo Diamantense

ADMINISTRADA PELA ADECADI

Diamante D’Oeste vive hoje uma situação crítica em relação à Covid-19: 40% dos casos foram registrados nos últimos 40 dias

A médica responsável pelo atendimento de pacientes com Covid-19 no Municipal e Maternidade Menino Jesus, de Diamante D’Oeste, Dra Larissa Hamamoto, destaca que o município vive uma situação crítica com a nova variante, que é bem mais agressiva e perigosa.

De acordo com a médica, o Hospital Municipal teve 2.056 notificações, com aproximadamente 600 pacientes positivados, desde o início da pandemia. Desses 600 pacientes, 240 foram confirmados agora, nos últimos 40 dias. Ou seja, 40% do total de casos de um ano foram constatados em apenas dois meses!

Entre 1 de maio até 10 de junho, Diamante D’Oeste teve mais ou menos 600 atendimentos de Covid-19, 33 pacientes internados e 12 transferências para hospitais da região. Dessas 12 transferências, 09 precisaram realizar a intubação. Dos 17 óbitos que tivemos, 10 ocorreram nas últimas semanas.

Esses dados efetivamente indicam a gravidade da situação vivenciada. Além disso, atualmente encerraram-se os leitos de UTI’S disponíveis. Os hospitais da região que poderiam receber os pacientes do município estão lotados, sem condições de receber novos pacientes.

“Precisamos da colaboração da população em geral. Sozinhos não vamos conseguir vencer a guerra contra esse vírus. A equipe de saúde vem trabalhando incansavelmente para atender, orientar, vacinar, buscar e levar pacientes. É preciso reforçar as medidas de prevenção, como a utilização de máscaras, distanciamento social e uso de álcool em gel. Se puder, fique em casa”, dia nota divulgada pela Saúde do município.

Share

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin