Cidade Alta FM

A Rádio do coração do Povo Diamantense

ADMINISTRADA PELA ADECADI

São Miguel: Sindicato dos Trabalhadores da Saúde denuncia assédio e atraso de pagamentos de hospital

sao-miguel:-sindicato-dos-trabalhadores-da-saude-denuncia-assedio-e-atraso-de-pagamentos-de-hospital

O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos e Serviços de Saúde de Foz do Iguaçu e Região usou as suas redes sociais para denunciar a atual situação dos funcionários do Hospital Madre de Dio de São Miguel do Iguaçu, que dizem estar com pagamentos atrasados.

De acordo com a publicação, o hospital não estaria cumprindo com os direitos previstos na Convenção Coletiva de Trabalho, além de não estar efetuando os depósitos do FGTS dos funcionários.

Funcionários da instituição também teriam denunciado que sofrem com perseguição, assédio moral e dificuldades com materiais básicos de trabalho.

Publicação no Facebook do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos e Serviços de Saúde de Foz do Iguaçu e Região.

“É a história se repetindo! Quem observa as redes sociais do Hospital Madre de Dio não tem noção da verdadeira situação do Hospital. Infelizmente o Hospital não vem cumprindo com os direitos previstos em Convenção Coletiva de Trabalho e até mesmo na lei como a falta do depósito do FGTS. Até o presente momento a instituição não pagou o décimo terceiro salário dos trabalhadores e segundo denúncias não tem previsão para cumprir com o estabelecido em lei. Os trabalhadores relatam perseguição, assédio moral e dificuldades com materiais básicos de trabalho. O Sindicato deverá convocar nas próximas horas assembleia que definirá o futuro dos trabalhadores, podendo inclusive dar início a uma greve. O Sindicato já possui ação coletiva contra o Hospital e já encaminha outras ações para garantia dos direitos dos trabalhadores. Vergonha!”_

Paulo Sergio Ferreira, presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos e Serviços de Saúde de Foz do Iguaçu e Região, gravou um vídeo onde expõe a situação.

Segundo ele, o sindicato prepara uma ação coletiva contra a instituição, para garantir os direitos dos trabalhadores. Uma assembleia com os trabalhadores também será convocada, para definir as próximas ações, inclusive com a possibilidade de greve.

Compartilhe isso

O post São Miguel: Sindicato dos Trabalhadores da Saúde denuncia assédio e atraso de pagamentos de hospital apareceu primeiro em Portal Costa Oeste.

Share

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin