Cidade Alta FM

A Rádio do coração do Povo Diamantense

ADMINISTRADA PELA ADECADI

Ferrari e Chenho avaliam o primeiro ano de mandato nesta nova gestão em Missal

ferrari-e-chenho-avaliam-o-primeiro-ano-de-mandato-nesta-nova-gestao-em-missal


Ao chegar no fim do ano é importante fazer as avaliações. O que projetamos, o que conseguimos realizar e aquilo que vai ter de ficar para outro momento. Na Administração Pública não é diferente. O Prefeito de Missal, Adilto Luis Ferrari, juntamente com o Vice Eugênio Schwendler (Chenho), fez a avaliação deste primeiro ano de novo mandato.Para Ferrari, embora tenha sido uma no de muitas dificuldades, pode ser avaliado de forma positiva. Foram 73 projetos de lei enviados para a Câmara de Vereadores, onde apenas um vai ficar para o ano seguinte em acordo estabelecido em conjunto com o presidente da Câmara o vereador Elmo Pauli.Além disso, os vereadores apresentaram 219 indicações ao poder executivo, onde muitas delas puderam ser atendidas enquanto outras ainda poderão ser atendidas nos próximos anos. “Nossa equipe trabalhou incansavelmente neste ano, afinal as obras e serviços ocorrem graças aos servidores públicos do município”, analisa Ferrari.O Prefeito de Missal ainda comemorou que as obras que estavam em andamento, iniciadas ainda nas gestões anteriores, puderam ser concluídas. “É uma satisfação, pois, assumimos o compromisso de dar continuidade aos trabalhos já realizados e ainda pudemos iniciar várias outras obras nesta gestão”, exalta.USF do CentroDe acordo com a avaliação do Prefeito de Missal, a obra que causou maior preocupação foi a da nova Unidade de Saúde no Centro. Ela foi iniciada ainda em 2018, foi paralisada por falta de repasses de recursos, surgiu a pandemia o que causou outras complicações, haviam problemas no projeto a serem resolvidos, mas que foram solucionados.A obra pode ser entregue no dia 22 de dezembro à comunidade e agora está a disposição em novo ambiente, mais confortável e agradável. “Nossos servidores tem um espaço mais adequado para exercer suas funções e a população que necessita do atendimento da saúde, recebe um espaço mais aconchegante, pois, os missalenses merecem”, exclama Ferrari.MedicamentosO Prefeito de Missal não esconde que durante o ano houve a falta de medicamentos na Unidade de Saúde. “A população precisa saber que não foi falta de recursos financeiros, mas pela falta de alguns medicamentos no mercado farmacêutico”, explicou. “Muitas licitações de medicamentos tivemos itens desertos, ou seja, ninguém para fornecer o produto. Nesta semana mesmo em um processo de licitação local, houveram itens desertos”, completou o Gestor Municipal.Avanços em todos os setoresMissal foi um dos primeiros municípios com o retorno das atividades escolares de forma presencial em 2021. As aulas retornaram no dia 18 de fevereiro. “Prezamos sempre pela segurança sanitária, protocolos bem definidos e com investimentos para isso ocorrer da forma mais segura possível”, comenta Ferrari.Durante o ano, ainda devido a pandemia, foram criados programas como o Proemis para aportar profissionais dos setores de eventos e transporte escolar parados desde o início, o Fundemis foi retomado e auxiliou diversos empresários locais, a habitação rural tem programa para reforma de casas, a renovação gradativa da frota municipal, entre outras melhorias em todos os setores.ObrasO vice-prefeito Chenho cita as diversas obras que foram entregues durante a gestão como os trechos de pavimentação poliédrica, barracão industrial, churrasqueira no Centro de Eventos, Unidade de Saúde entre outras. Citou ainda muitas outras em andamento.Está ocorrendo o recape asfáltico com o TST e readequação das vias. A previsão para a conclusão dos trabalhos com o material é fevereiro e março, segundo Chenho. Há ainda um barracão em construção para abrigar uma empresa que faça a trituração de galhos e folhas, além de trechos de pavimentação poliédrica. “Missal será um canteiro de obras”, prevê o vice-prefeito.ConvêniosO Projeto para implantação de um trevo no entroncamento das PR-495 e PR-497 na região do Lago Municipal iniciou, segundo o prefeito Ferrari, ainda no ano de 2013. “Dias atrás finalmente assinamos o convênio com o Governo do Estado do Paraná, aguardando apenas a autorização para a licitação, pois, o recurso está garantido a fundo perdido com contrapartida municipal”, comemora.Ferrari cita ainda um trecho com 2,5 KM de pavimentação que será em Dom Armando sentido Vista Alta. Outro na Linha Pe Rick sentido Ponte Molhada, com recurso garantido onde o processo de licitação deverá ocorrer no início de 2022. Há ainda a projeção de muitos trechos de pavimentação.Outro convênio muito aguardado pela população é do recape asfáltico no Centro onde o município aguarda que os projetos sejam aprovados junto a SEDU. “Fizemos um planejamento e isso vai dar certo, pois, o município tem condições de honrar todos os compromissos, inclusive os deste ano serão todos honrados”, garante o prefeito.“Temos uma parceria muito boa com o Governo do Estado e muitas coisas ainda estão para acontecer. Alguns convênios ainda serão assinados, isso está bem encaminhado”, celebra o Gestor do município de Missal. “Missal ainda tem muito por fazer, mas com um passo de cada vez, vamos chegar lá”, completa.

Share

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin