Cidade Alta FM

A Rádio do coração do Povo Diamantense

ADMINISTRADA PELA ADECADI

Adapar confirma caso de raiva bovina na região de Guaíra e Terra Roxa

adapar-confirma-caso-de-raiva-bovina-na-regiao-de-guaira-e-terra-roxa


A Adapar – Agência de Defesa Agropecuária do Paraná confirmou na última sexta feira dia 07 de janeiro de 2022, um caso de raiva bovina no município de Terra Roxa, na região da Vila Guarani, jurisdição da Unidade Local de Sanidade Agropecuária de Guaíra.O animal, uma fêmea bovina de aproximadamente 12 meses de idade, apresentou os primeiros sinais característicos de raiva no dia 22 de dezembro de 2021, sendo a Adapar notificada no dia 23 de Dezembro de 2021. O animal permaneceu na propriedade isolado dos demais e sob monitoramento e no dia 26 de dezembro, ocorreu o óbito.A Adapar foi notificada e no dia 27 de dezembro realizou os procedimentos de coleta de material biológico e enviou para o Centro de Diagnostico Marcos Enrietti – Laboratorio da Adapar em Curitiba. O laudo diagnóstico com positivo confirmando se tratar de raiva bovina saiu no dia 06 de janeiro de 2022.Causada por um vírus transmitido, principalmente, pela mordida de morcegos hematófagos (da espécie Desmodus rotundus, a raiva é uma doença incurável que ataca o sistema nervoso dos animais, levando-os à morte. A doença é considerada uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida a seres humanos, e também em humanos é fatal. As propriedades que estiverem num raio de 10 quilômetros da propriedade foco, ou seja, da propriedade onde foi diagnosticada a doença, serão notificadas para que vacinem todos os animais de produção da propriedade (Bovinos, Bubalinos, Equinos, Caprinos e Ovinos), e o trabalho de fiscalização e notificação dessas propriedades já se iniciou no dia 07 de janeiro.

Share

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin