ADMINISTRADA PELA ADECADI

Colégios da região receberão quase R$ 17 mi de investimentos


Lideranças políticas, comunitárias e escolares da região compareceram em peso na manhã desta quinta-feira (19) à solenidade de liberação e autorização de obras de estabelecimentos da rede estadual de ensino. O evento, realizado no Auditório Acary Oliveira, anexo ao Paço Municipal Alcides Donin, foi o anúncio oficial para intervenções de engenharia em 35 colégios de 13 dos 16 municípios da área de abrangência do Núcleo Regional de Educação (NRE) local – um investimento de R$ 16.610.990,93 da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed) via Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar). A maior fatia deste bolo vai ficar em Toledo: R$ 6.381.854,38 (38,42% do total), que serão empregados na construção de uma unidade nova no Colégio Estadual Jardim Gisela (R$ 3.698.659,76) e em adequações nos colégios Presidente Castelo Branco/Premen (R$ 752.500,00), Agrícola (R$ 744.818,00), Novo Horizonte (R$ 359.709,23), Jardim Maracanã (R$ 346.510,52), Antonio José Reis (R$ 329.656,87), João Arnaldo Ritt (R$ 100.000,00) e Nova Concórdia (R$ 50.000,00). Em seguida, aparecem Quatro Pontes (R$ 3.473.066,05 – 20,91% do total – 1 colégio), Guaíra (R$ 1.825.702,13 – 10,99% – 7), Palotina (R$ 1.424.047,51 – 8,57% – 4), São Pedro do Iguaçu (R$ 730.757,28 – 4,4% – 2), Terra Roxa (R$ 597.185,47 – 3,6% – 4), Marechal Cândido Rondon (R$ 568.465,24 – 3,42% – 4), Diamante D´Oeste (R$ 477.635,00 – 2,88% – 1), Maripá (R$ 392.006,51 – 2,36% – 1), Santa Helena (R$ 374.815,43 – 2,26% – 1), Mercedes (R$ 315.455,93 – 1,9% – 1) e Nova Santa Rosa (R$ 50.000,00 – 0,35 – 1).De Costa Oeste