ADMINISTRADA PELA ADECADI

Corpo de Bombeiros do Paraná renova equipe em missão no Rio Grande do Sul


O Corpo de Bombeiros Militar do Paraná (CBMPR) terá uma equipe renovada para mais uma semana de atuação no Rio Grande do Sul, onde vem realizando ações de busca, salvamento e ajuda humanitária desde 6 de setembro. Para manter os trabalhos em andamento, na manhã deste domingo (17) novos profissionais foram enviados para substituir aqueles que estavam no local.]Com a movimentação, o contingente em ação na Operação Vale do Taquari passa a ser de 23 bombeiros paranaenses e três cães.Na última semana, a força-tarefa enviada pelo Estado, que era composta por 63 bombeiros e três cães, encontrou os corpos de duas vítimas da tragédia – as duas únicas localizadas nesse período.“Foram enviados profissionais altamente qualificados, que trabalharam debaixo de chuva, calor, frio, lama, desde cedo até a noite, com muita motivação”, escreveu o major Gabriel Greinert, comandante do Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST) e da missão em solo gaúcho, em mensagem agradecendo as unidades operacionais envolvidas na força-tarefa. O posto de comando da operação paranaense foi estabelecido na cidade de Colinas, no Vale do Taquari, região duramente castigada pelo ciclone extratropical que causou ventos fortes e enchentes, em especial pela cheia do Rio Taquari. Mais de 100 cidades foram afetadas pelo fenômeno climático.“A gente trabalha com a informação de nove desaparecidos. A área em que estamos é onde grande parte dos escombros que desceram rio abaixo, das cidades de Roca Sales, Muçum e Encantado vieram parar. Foi onde localizamos o corpo na segunda-feira passada”, explicou o major Greinert.De Costa Oeste