ADMINISTRADA PELA ADECADI

Mais de mil litros de combustível contrabandeado são apreendidos em Foz do Iguaçu


Mais de mil litros de combustível contrabandeado foram apreendidos na manhã dessa quinta-feira (14) em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, de acordo com a Polícia Federal. Nas imagens divulgadas pela PF, é possível ver o combustível sendo retirado do tanque de um ônibus argentino e sendo colocado em um reservatório externo clandestino e precário. Entenda riscos mais abaixo.Conforme a polícia, o abastecimento no país vizinho não é ilegal, o que torna a prática irregular é o estoque e revenda do mesmo no Brasil sem prévia autorização, prática que tem ocorrido com frequência na região devido a diferença nos preços aplicados em cada país.O valor do combustível na Argentina esta em média R$1 mais barato em comparação ao preço no Brasil.Na quinta (14), por exemplo, o diesel no país vizinho estava com preço girando em torno dos R$ 5 por litro. Em Foz do Iguaçu, o mesmo combustível era vendido por preço médio acima de R$ 6 nas principais redes.O motorista pego em flagrante no bairro de Três Lagoas descarregando o diesel para reservatório externo foi preso e levado a Delegacia de Polícia Federal de Foz do Iguaçu.O ilícito era realizado em uma empresa de transportes rodoviários de passageiros. O dono da empresa será intimado para prestar esclarecimentos sobre o fato, informou a PF.RiscosA PF informou que no local foram identificados vazamentos do líquido e de vapores do combustível, que estava sendo armazenado de forma precária.Conforme a polícia, o cenário coloca em risco o local e também todas as residências e propriedades no entorno, uma vez que além do combustível ser inflamável, os vapores que são liberados deles também são.Além do risco de explosão, o combustível também é tóxico, o que coloca em risco a saúde dos empregados da empresa.De Costa Oeste