ADMINISTRADA PELA ADECADI

Paraná enfrenta queda na produção de milho por falta de chuva e excesso de calor, diz especialista

Colheita de 2024 está terminando e deve render menos do que o esperado.


Quebra na segunda safra de milho, aponta projeção

Quebra na segunda safra de milho, aponta projeção

O Paraná plantou 2,4 milhões de hectares na segunda safra de milho em 2024. A produtividade esperada inicialmente era de 14,4 milhões de toneladas, mas a falta de chuva e o excesso de calor fizeram a projeção diminuir.

“Será uma safra frustrada para os produtores de milho”, declara o analista do Departamento de Economia Rural do Paraná, Edmar Gervásio. De acordo com ele, ainda não é possível indicar uma nova projeção.

No norte, maior produtor da cultura no estado, a colheita ainda está no início, mas segundo o Deral, a produtividade também deve ser menor do que em 2023.

“Com uma safra menor, é provável que o setor de produção de proteína tenha os custos aumentados – já que precisará importar ou buscar de outros estados”, diz Gervásio.

Quebra na segunda safra de milho, aponta projeção para novo ano. — Foto: RPC

Os vídeos mais assistidos do g1 PR: