ADMINISTRADA PELA ADECADI

Profissionais de Saúde participam de palestra sobre ‘Saúde Mental Materna’


O Governo Municipal de São Miguel do Iguaçu, por intermédio da secretaria de Saúde, promoveu na quarta-feira, 03, no auditório da Câmara Municipal, a palestra ‘Saúde Mental Materna’ para enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, agentes comunitários de saúde, estudantes da faculdade Uniguaçu e equipe Multiprofissional.A ideia surgiu para chamar a atenção às questões relacionadas à saúde mental e bem-estar materno. Durante a gravidez, parto, e após o parto nota-se aumento do risco de problemas de saúde mental entre puérperas. Normalmente, durante a gestação e no período pós-parto, observa-se aumento dos níveis de ansiedade e estresse. Tal aumento pode ser isolado ou vir acompanhado de outros problemas que afetam a saúde mental da mulher.A palestrante foi a psicóloga obstétrica, Luciane Ferreira dos Reis. “Apresentei vários dados estatísticos sobre a saúde mental materna e a importância do cuidado desse público. Os participantes interagiram com várias dúvidas e perguntas que enriqueceram nosso encontro”, contou.A psicóloga faz parte do ‘Maio Furta-cor’, campanha comunitária sem fins lucrativos, democrática e apartidária que visa sensibilizar a população para a causa da saúde mental materna. “Visa realizar ações de conscientização ao longo de todo o mês de maio, época em que celebramos nacionalmente o mês das mães”, informou Luciane.A agente comunitária de Saúde, Maria Luiza Salbego, uma das organizadoras da palestra, explicou que todo mês a ideia é trabalhar diversas questões de saúde pública. “Cada mês trata especificamente de um tema para conscientização e maio é o mês das mães”, salientou.A enfermeira Juliane Broneli Lima dos Santos disse que participar de eventos dessa natureza é tomar consciência sobre a necessidade do olhar mais sensível em lidar com as mães. “Os enfermeiros acompanham desde o primeiro momento o desenrolar desse processo da maternidade e conhecer melhor como isso acontece é fundamental para orientar e guiar as futuras mamães”.Para a estudante de Terapia Ocupacional da faculdade Uniguaçu, Sirlei Weber, a palestra apresentou um conhecimento fundamental para a vida acadêmica. “Agrega informações que serão de extrema importância em nossa vida profissional”.De Costa Oeste