ADMINISTRADA PELA ADECADI

Saiba como se prevenir e tratar as hepatites virais com a campanha Julho Amarelo


O Costa Oeste News realizou entrevista com as enfermeiras Renata Yara e Mônica Cardoso, que atuam na vigilância epidemiológica do município de São Miguel do Iguaçu. Elas falaram sobre a campanha Julho Amarelo, que tem como objetivo o controle e a prevenção das hepatites virais, doenças que causam inflamação do fígado e podem levar a complicações graves como cirrose e câncer.Segundo Renata, a campanha foi instituída no Brasil em 2019 e conta com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde e do Departamento de Vigilância em Saúde. “Estamos aqui hoje para divulgar as ações que estamos realizando durante o mês inteiro nas unidades de saúde, onde a testagem já está sendo feita, mas o Dia D é para encerrar o mês de Julho Amarelo, então será no dia 29/07, próximo sábado, das 8 horas às 12 horas, com intervalo para o almoço, e das 13 horas às 17 horas. As unidades de saúde que estarão abertas serão todas aqui do centro, a Central, Panorama, Gaúcha e do interior será São Jorge, que estará aberta para o atendimento de todos os moradores”, explicou.Renata também esclareceu quais são os tipos de hepatites causadas por diferentes tipos de vírus. “As hepatites são classificadas em A, B, C, D e E. As mais frequentes aqui são A, B e C. A hepatite A é por transmissão fecal-oral, que é o contato por não lavar bem os alimentos ou por falta de saneamento básico. A hepatite B é mais por transmissão sexual, compartilhamento de agulhas ou transfusão sanguínea. Hoje é mais difícil por causa da triagem nos bancos de sangue. A hepatite C também é transmitida pelo sangue ou por objetos contaminados”, disse.De Costa Oeste